Maitake, Shiitake e Reishi – Especial Sinergia entre cogumelos medicinais

Atualizado: Abr 25

Desde há centenas de anos que os cogumelos têm sido consumidos, não apenas pelo seu sabor em culinária, como pelos seu efeitos terapêuticos. Os cogumelos Maitake (Grifola frondosa), Shiitake (Lentinula edodes) e Reishi (Ganoderma lucidum) são apenas três de um leque bem alargado de cogumelos medicinais que existem.




Podem ser consumidos nas refeições ou, como frequentemente se vê, em suplementos alimentares pela possibilidade de controlar com certeza as quantidades ingeridas e pelo seu armazenamento que se prolonga no tempo, melhor do que quando se armazenam frescos.


Com frequência são realizados estudos laboratoriais para perceber e reconhecer todos os efeitos benéficos do consumo de cogumelos medicinais em suplementação com variados objetivos, sendo deles o mais comum, o fortalecimento do sistema imunitário.


E podemos dizer que os resultados estão à vista, pois têm cumprido o seu papel.



Neste artigo, abordamos a especial sinergia que existe entre os cogumelos medicinais, nomeadamente Maitake, Shiitake e Reishi.


Cada cogumelo tem as suas qualidades. Podem ser comidos individualmente ou em conjunto – em suplementos alimentares ou frescos.


No entanto, para podermos extrair todas as vantagens que estes fungos nos podem oferecer, conjuga-los é uma escolha inteligente!


Shiitake e Maitake – Efeito no fortalecimento do sistema imunitário


Os suplementos alimentares naturais têm sido bastante requisitados, tanto na prevenção como no tratamento de determinadas doenças.


O efeito dos glucanos (polissacarídeos) na estimulação do sistema imunitário tem sido estudado desde há décadas.


As pesquisas entre a relação entre os glucanos e o sistema imunitário começaram há aproximadamente 70 anos atrás.



Sendo os glucanos o principal componente ativo dos cogumelos medicinais, é normal que se tenha despertado a curiosidade da comunidade científica no estudo dos mesmos.


Um estudo publicado em 2014, analisou os efeitos de Maitake e Shiitake consumidos por toma oral, em conjunto, no fortalecimento do sistema imunitário.


Esta investigação foi focada nas propriedades biológicas e imunológicas dos dois cogumelos ricos em glucanos polissacarídeos, sendo que Maitake é rico em ß-glucanos (beta-glucanos) e o Shiitake é rico em α-glucanos (alfa-glucanos).


Segundo este estudo, foi observada uma significativa estimulação na reação defensiva, sendo que no que diz respeito à sua eficácia, a combinação dos dois prevaleceu sobre os mesmos administrados separadamente.


Quando administrados separadamente, o Maitake demonstrou ser superior que o Shiitake na efetividade de estimulação imunitária. No


entanto, ambos os cogumelos têm uma reação significativa para o objetivo, daí que comprovou-se que o seu consumo em conjunto se torna mais eficaz do que administrados separadamente.


Maitake, Shiitake e Reishi – Atividade imunomoduladora sinergética em macrófagos humanos


Noutro estudo, a presença dos ß-glucanos e dos α-glucanos e a sua importante atividade na modulação do sistema imunitário, foi estudada com recurso aos cogumelos medicinais, desta vez o conjunto de Grifola frondosa, Lentinula edodes e Ganoderma lucidum respetivamente.


Num estudo de Novembro de 2019, foi publicada uma avaliação baseada no conteúdo de ß-glucanos e α-glucanos, observando o impacto destes extratos - individualmente e em conjunto – na expressão das citoquinas e macrófagos (células do tecido conjuntivo).


Os cogumelos medicinais mostraram ser potentes imunomoduladores e, novamente, a fórmula do conjunto Maitake-Shiitake-Reishi mostrou ser bastante mais eficaz do que os cogumelos medicinais atuando separadamente.


Este estudo representa o primeiro relatório da resposta sinérgica imunomoduladora em macrófagos humanos.



Conclusão


Como pudemos confirmar, cada vez mais os cogumelos medicinais têm um valor importante na modulação do sistema imunitário quando consumidos em suplementação, especialmente quando consumidos em conjunto.


Tudo leva a crer que, individualmente a sua atividade no fortalecimento do sistema imunitário está bastante presente, no entanto, completam-se como peças de puzzle e potencializam-se uns aos outros quando ingeridos em conjunto.



101 visualizações
Quinton
Porque Funciona a Terapia Marinha?

Tópicos do Blog

Segue-nos!

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram

Junte-se ao nosso canal no Telegram!

telegram delterre icon.png

Deseja conhecer mais sobre a Terapia Marinha de René Quinton?

Ebook_Propriedades_e_Benefícios_da_Terap

Faça o Download Grátis do ebook 'Propriedades e Benefícios da Terapia Marinha'!

Deseja receber amostras grátis de Plasma de Quinton?

*Envie-nos uma mensagem!

*reservado a profissionais de saúde

É Profissional de Saúde?

 

*

Gostaria de participar de formações profissionais da aplicação da Terapia Marinha em prática clínica?

 

*

Inscreva-se e será contactado assim que as formações iniciarem!

Quer receber novidades sobre promoções e produtos?

ab.png
EU_organic_farming_logo.svg.png
NoAnimalTesting.png
ogm-free.png
Vegetariano

Sim quero receber informações sobre os produtos Delterre

Li e Aceitei os termos e condições

  • Delterre Facebook
  • Delterre Instagram
  • Delterre Linkedin

©2020 por delterre.