Fisioterapia Respiratória – Exercícios

Os Exercícios da Fisioterapia Respiratória são um dos pilares da Reabilitação Pulmonar em pacientes crónicos.

Através dos exercícios respiratórios, é alcançada a melhoria em testes respiratórios como a Espirometria, o Peak Flow, referindo uma melhoria nas capacidades e volumes pulmonares.


Quem deve realizar os exercícios de Fisioterapia Respiratória?


Em pacientes sãos, não é necessário a aplicação de Exercícios de Fisioterapia Respiratória, sendo que o dia-a-dia e prática de atividades desportivas é suficiente.


O mesmo não se sucede àqueles que spfrem de doenças do pulmão ou da caixa torácica.


Nestes casos, devem-se realizar Exercícios respiratórios específicos, já que em muitas ocasiões não podem realizar atividades que de forma natural favorecem a função respiratória.

É importante acrescentar que terão de ser controlados e formados para poder realizar os exercícios ao domicilio. Em certas ocasiões, existe a necessidade de recorrer a centros especializados para a sua realização, ou pelo menos na sua formação inicial.



Fisioterapia Respiratória – Benefícios


Os principais Benefícios da Fisioterapia Respiratória são:


  • Melhoria dos volumes respiratórios: reduzindo os sintomas com a dispneia.

  • Favorece a eliminação das secreções das vias baixas.

  • Favorece a função mucociliar: reduzindo o estancamento do muco e a sua superinfeção.

  • Tonifica a musculatura respiratória: podendo reduzir os episódios de apneia noturna por fadiga diafragmática.

  • Acelera a recuperação em estados de convalescença por patologia pulmonar, diminuindo o tempo de hospitalização.

  • Favorece a oxigenação dos tecidos: pelo aumento do recrutamento das unidades alvéolo-capilares.


Que doenças melhoram graças aos exercícios de Fisioterapia Respiratória?


Existe um vasto leque de doenças, tanto pulmonares como extrapulmonares, onde se vê comprometida a função pulmonar, entre elas:


  • EPOC: a doença principal pela sua prevalência. Estes doentes necessitam de Fisioterapia Respiratória, não apenas para melhorar as suas funções pulmonares, mas também, para poder controlar uma correta ventilação alveolar, através de diferentes técnicas respiratórias.

  • FQ: A Fibrose Quística é das doenças recessivas mais prevalentes, a estes pacientes deve-se educar no que diz respeito à mecânica respiratória, manuseio da tosse para eliminar as secreções.

  • Doenças sistémicas com afetação pulmonar: a Sarcoidose, a Amiloidose e outras doenças com afetação pulmonar que acabam por afetar os interstícios pulmonares devido ao desenvolvimento de Fibrose Pulmonar.

  • Transtornos músculo-esqueléticos: compreendem muitas doenças, tanto congénitas como adquiridas, como podem ser escoliose, distrofias…

  • Malformações congénitas pulmonares: onde encontramos alterações que podem afetar tanto o sistema de condução (traqueia, brônquios), a parênquima, o sistema vascular…



Serão os especialistas que através das recomendações oficiais, indicarão a necessidade e o tipo de Fisioterapia Respiratória necessária em cada um dos casos.


É importante entender que os tratamentos devem ser individualizados e que em algumas ocasiões se deverá recorrer a centros especializados para realização de Exercícios de Fisioterapia Respiratória.


O que é a Reabilitação Pulmonar?


A Reabilitação Pulmonar centra-se no tratamento integral das patologias respiratórias… dado que estas não se podem resolver, de maneira que se tratam as sequelas, com o objetivo de melhorar o estado basal do doente, melhorando assim a sua qualidade de vida.


Posto isso, deve-se atuar de maneira multidisciplinar, tratando o paciente de forma integral para que se realize um plano de atuação, melhorando a sua eficácia e adesão.


Como reabilitar os Pulmões?


  • Fazer um estudo completo (análises de sangue, testes da função respiratória…), juntamente com a revisão do histórico clinico do paciente, avaliando as limitações e as suas necessidades diárias.


  • Remeter ao paciente o conselho nutricional com o objetivo de controlar o peso e alcançar um ótimo estado de saúde.


  • Aconselhar os pacientes sobre o estado de saúde, as limitações e os riscos da doença que têm, para consciencializar e facilitar a adesão aos diferentes tratamentos que se prescrevam.


  • Apoio psicológico/psiquiátrico de maneira a que possa entender e cuidar da doença e das orientações que deverá seguir para melhorar a sua qualidade de vida.


  • Fisioterapia Respiratória: tem-se demonstrado em múltiplos estudos que a Fisioterapia Respiratória consegue melhorias em testes de função respiratória e da qualidade de vida dos pacientes com doenças pulmonares crónicas.


Exercícios de Fisioterapia Respiratória


Um dos principais exercícios respiratórios é o manuseio do diafragma. No seu controlo, devem-se realizar respirações profundas com inspirações lentas, posteriormente deve-se manter um período de apneia e termina-se com a expulsão ainda mais lenta do ar inspirado.


Este exercício é muito simples mas de grande utilidade conseguindo assim ventilar as proporções mais distais dos pulmões, e além disso, formar a primeira parte de muitos dos exercícios respiratórios.

É importante que os exercícios se realizem sob o controlo de um profissional qualificado, que vai poder corrigir os possíveis erros de execução e esclarecer as dúvidas dos pacientes.


Aplicação do Espirómetro de Incentivo


É um bom aliado no trabalho em domicílio. Ideal em convalescentes que se cansam facilmente e não podem realizar outros exercícios de maior intensidade.


É simples, deve-se inspirar profundamente e soltar o ar sobre o bocal do incentivador, com o objetivo de elevar e manter o maior tempo possível as bolas o aparelho. Também se pode ajustar o incentivador que fortalece a fase inspiratória.



Manejo terapêutico da tosse


A tosse é uma ferramenta capital na eliminação das secreções, além disso, a tosse controlada é simples de realizar.


Deve-se respirar profundamente com o diafragma em apneia e expiração sustentada várias vezes, para posteriormente realizar nova inspiração, mas desta vez, na altura de expirar, o que faz o paciente é eliminar o ar através de pequenos impulsos de tosse, expulsando um pouco de ar tossindo até esvaziar o ar dos pulmões.

Esta respiração será realizada 3-5 vezes, assim o que conseguimos é que as secreções ascendam e sejam expulsas.



Clapping respiratório


Após manter o paciente em posições de drenagem postural durante uns minutos, juntamente com respirações profundas que irá mobilizar as secreções, adiciona-se ao exercício o golpeio de baixa intensidade e alta frequência, realizados por outra pessoa ou pelo próprio paciente.


Desta forma, favorecemos o desprendimento do muco das vias de d condução, agilizando a sua drenagem.

Expirações de lábios unidos


As inspirações profundas são seguidas de uma expiração de lábios parcialmente fechados, desta forma, geramos uma pressão positiva expiratória, favorecendo a abertura das vias aéreas inferiores durante toda a expiração, diminuindo assim o aprisionamento aéreo.



Conclusões


A Fisioterapia Respiratória foi feita para pacientes com problemas pulmonares, não sendo necessária em pacientes sãos.


A sua realização deverá ser aprendida de forma correta levando à sua correta execução.


São técnicas que se devem realizar todos os dias, em pacientes crónicos.


Nos casos agudos, são uteis os exercícios respiratórios que poderão reduzir o tempo de hospitalização.


É importante a correta execução se queremos obter os resultados esperados, na maioria das ocasiões será necessária a intervenção de um profissional qualificado, ao menos até que se aprenda a fazer corretamente.


Definitivamente, a Fisioterapia Respiratória é uma ferramenta importante a ter presenta em numerosas patologias respiratórias.




Fundação René Quinton

97 visualizações
Quinton
Porque Funciona a Terapia Marinha?

Tópicos do Blog

Segue-nos!

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram

Junte-se ao nosso canal no Telegram!

telegram delterre icon.png

Deseja conhecer mais sobre a Terapia Marinha de René Quinton?

Ebook_Propriedades_e_Benefícios_da_Terap

Faça o Download Grátis do ebook 'Propriedades e Benefícios da Terapia Marinha'!

Deseja receber amostras grátis de Plasma de Quinton?

*Envie-nos uma mensagem!

*reservado a profissionais de saúde

É Profissional de Saúde?

 

*

Gostaria de participar de formações profissionais da aplicação da Terapia Marinha em prática clínica?

 

*

Inscreva-se e será contactado assim que as formações iniciarem!

Quer receber novidades sobre promoções e produtos?

ab.png
EU_organic_farming_logo.svg.png
NoAnimalTesting.png
ogm-free.png
Vegetariano

Sim quero receber informações sobre os produtos Delterre

Li e Aceitei os termos e condições

  • Delterre Facebook
  • Delterre Instagram
  • Delterre Linkedin

©2020 por delterre.