• Delterre

Beneficios de beber água do mar

Atualizado: Jan 19


Em 1869 o biólogo/fisiólogo francês René Quinton, sabendo as propriedades e benefícios da água do mar, investigou a sua composição, constatando a proporcionalidade entre esta e o nosso meio interno. Elaborou uma solução isotónica a partir de água marinha, que se deu a conhecer como “plasma marinho” ou “plasma de Quinton”.


Em 1921 foi publicado “Le Dispensaire Marin”, de Jean Jarricot, um trabalho sólido sobre o uso do Plasma de Quinton.


René Quinton utilizou os benefícios de beber água do mar para o tratamento de múltiplas patologias e muito particularmente em pediatria.


Ele obtinha a água do mar em determinados pontos, pelas características das comunidades bióticas que se acumulavam, dando-lhe uma grande dinamização à água do mar e isto proporcionava uma biodisponibilidade excecional dos elementos que continha, maximizando os benefícios da terapia marinha.

Benefícios de beber água do mar, por similaridade ao nosso ambiente interno e à sua assimilação.


Quando se estuda a estrutura química da água marinha, entre muitos dos seus aspetos, existem duas características significativas.



Por um lado, a solubilidade dos sais nas águas marinhas é distinta dos mesmos sais dissolvidos em água destilada. Possivelmente causada pela inter-relação do ecossistema marinho e o seu meio ambiente, o mar, podendo falar de uma dinamização dos elementos que não se dariam em combinações de minerais inorgânicos.


Por outro lado temos a estreita relação na proporcionalidade mineral entre a água e o meio interno.



“Claude Bernard (1813-1878) foi o criador da terminação “meio interno”, com o qual denominou ao líquido dos interstícios e pela sua semelhança com a água do mar, aprovou a possibilidade da origem da vida no mar. No final do Séc. XIX, esta declaração constituiu o paradigma adotado no mundo pelos pesquisadores”.

E um requintado controle do fluido corporal com pequenas variações, denominado W.B. Cannon como Homeostase.

“… apesar das mudanças continuas, não há variações apreciáveis na concentração de água nos diferentes órgãos e tecidos”. (Biochimie medicale, Boulange-Polonowski, Masson 1979).


O meio interno e a água do mar têm um paralelismo funcional, ambos são o meio onde os organismos vivos se desenvolvem.


Um exemplo disto é a carta do Dr. Pierre Colinet, ex-diretor dos serviços de saúde da Alta Comissão na Alemanha e ex-conselheiro da Organização Mundial de Saúde, que escreveu a 10 de Maio de 1960, afirmando que o Plasma de Quinton é o meio ideal para a cultura de células, permitindo a sobrevivência de células novas entre o tempo de deixar o laboratório e a meia hora em que demorava a serem implantadas.


Além disso, é mencionada uma certa dotação antibiótica polimórfica, evitando o desenvolvimento de germes.


Ménétrier, um dos pais da Oligoterapia, também faz a sua referência ao uso da água do mar como meio de troca dos meios catalisadores.


Tudo isto aponta para os benefícios da Terapia Marinha na saúde humana e como tudo é mais do que a soma das partes, a água do mar não é apenas água e sais, mas a intervenção do ecossistema e as inter-relações inferem características especiais, que atualmente se encontram em investigação continua.



Além disso, existem certos locais oceânicos nos quais René Quinton coletou a água que lhe deu mais dinamismo e biodisponibilidade, graças a esse aglomerado de fitoplâncton que lhe dava maior riqueza.


Benefícios de beber água do mar: ajuda a regular o metabolismo


Uma equipa de investigadores do Departamento de Biotecnologia da Universidade de Daegu, com o Dr. Hwang na liderança, conseguiram resultados interessantes quando testaram em ratos, que o grupo que consumia água do mar comparativamente aos que consumiam água da torneira, reduzia o seu peso em aproximadamente 7% e os níveis de glucose em aproximadamente 35%, melhorando também o teste de tolerância à glucose comparativamente ao grupo de controlo.


Noutro estudo, aplicou-se água do mar profunda (DSW) para ver o efeito nos lípidos sanguíneos e a sua capacidade antioxidante em sujeitos hipercolesterolémicos. Em conclusão, DSW foi aparentemente eficaz na redução do colesterol total do sangue e LDL e também na diminuição da peroxidação de lípidos em sujeitos hipercolesterolémicos. (Fu et al.,2012).


Noutro estudo, após um protocolo de exercício fatigante, suplementou-se os participantes com água mineral oceânica profunda (DOM). A conclusão foi a seguinte:


“Os nossos resultados proporcionam provas convincentes de que DOM contem elementos solúveis, o que pode aumentar a recuperação humana depois de um desafio exaustivo”. (Hou et al., 2013)

Esta é uma pequena contribuição científica que relata o benefício de beber água do mar.


Atualmente, o número de profissionais que optam pela terapia marinha tem aumentado. Uma terapia que veio para ficar.






fonte: https://www.fundacionrenequinton.org/blog/beneficios-beber-agua-mar/

OSMOSE

#Biologiagenética #quintonizate #quintonportugal #Quinton #JeanJarricot #PierreColinet #Ménétrier #Oligoterapia

37 visualizações
Quinton
Porque Funciona a Terapia Marinha?

Segue-nos!

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram

Deseja conhecer mais sobre a Terapia Marinha de René Quinton?

Ebook_Propriedades_e_Benefícios_da_Terap

Faça o Download Grátis do ebook 'Propriedades e Benefícios da Terapia Marinha'!

Deseja receber amostras grátis de Plasma de Quinton?

*Envie-nos uma mensagem!

*reservado a profissionais de saúde

É Profissional de Saúde?

 

*

Gostaria de participar de formações profissionais da aplicação da Terapia Marinha em prática clínica?

 

*

Inscreva-se e será contactado assim que as formações iniciarem!

Tópicos do Blog

Quer receber novidades sobre promoções e produtos?

ab.png
EU_organic_farming_logo.svg.png
NoAnimalTesting.png
ogm-free.png
Vegetariano

Sim quero receber informações sobre os produtos Delterre

Li e Aceitei os termos e condições

  • Delterre Facebook
  • Delterre Instagram
  • Delterre Linkedin

©2020 por delterre.

gtag('config', 'AW-793053932');